Terça, 16 de Julho de 2024
14°

Tempo limpo

Goiânia, GO

Opinião Servidores Públicos

Descaso dos governadores e prefeitos com os servidores públicos

A política de austeridade adotada por governadores e prefeitos em todo o país tem escancarado um descaso inadmissível com os servidores públicos, comprometendo a qualidade dos serviços essenciais e revelando uma gestão marcada pela indiferença e pela falta de compromisso com os direitos trabalhistas. A justificativa de restrições fiscais para não atualizar planos de carreira é um subterfúgio que evidencia a falta de prioridade desses governantes em valorizar os profissionais que sustentam a máquina pública, deixando a população desamparada e os serviços à beira do colapso.

14/06/2024 às 10h54 Atualizada em 14/06/2024 às 11h26
Por: Luiz Cláudio Cavalcante
Compartilhe:
Desespero e frustração: a expressão de um servidor público diante da constante negligência dos governadores e prefeitos, que ignoram as demandas por melhores condições de trabalho e progressão nas carreiras, resultando em serviços públicos comprometidos e
Desespero e frustração: a expressão de um servidor público diante da constante negligência dos governadores e prefeitos, que ignoram as demandas por melhores condições de trabalho e progressão nas carreiras, resultando em serviços públicos comprometidos e

A recente cobertura da imprensa sobre a contínua negligência na aprovação de novos planos de carreira para os servidores públicos, sob a justificativa de restrições fiscais, revela uma realidade vergonhosa e inaceitável. Governadores e prefeitos de diversas regiões do país têm utilizado as limitações orçamentárias como pretexto para mascarar sua total falta de compromisso com aqueles que garantem o funcionamento eficiente do serviço público. A política de austeridade imposta por esses líderes não apenas desvaloriza os servidores, mas também demonstra um desrespeito flagrante pela qualidade dos serviços oferecidos à população.

Desrespeito e Desvalorização dos Servidores

Os servidores públicos não são apenas números em relatórios financeiros. São profissionais dedicados – como professores, médicos e policiais – que asseguram o acesso da população a serviços essenciais. No entanto, governadores e prefeitos de várias regiões demonstram um desprezo alarmante pelos direitos desses trabalhadores. Ao procrastinar a revisão e a aprovação de novos planos de carreira, escancaram sua indiferença pela valorização desses profissionais que são a espinha dorsal dos serviços públicos.

A paciência dos servidores chegou ao limite. Eles não podem mais esperar indefinidamente por uma progressão justa em suas carreiras e por condições de trabalho dignas. A política de cortes, defendida com tanto ardor por muitos governantes, é uma afronta aos direitos conquistados com esforço e sacrifício. A justificativa de que a responsabilidade fiscal impede melhorias nos planos de carreira é uma falácia descarada que revela a falta de vontade política em priorizar o serviço público.

Impacto Devastador no Atendimento à População

A qualidade do serviço público está diretamente relacionada à valorização de seus profissionais. Ao negligenciarem os servidores, governadores e prefeitos condenam a população a serviços precários e ineficazes. A falta de planos de carreira atualizados desmotiva os trabalhadores, resultando em uma queda alarmante na qualidade dos serviços prestados. A educação está em colapso, a saúde pública é um caos, e a segurança é inexistente.

Luiz Cláudio Cavalcante é servidor público efetivo do Estado de Goiás, especialista em comunicação em redes sociais e assessor parlamentar. Jornalista e produtor audiovisual, ele também é membro da executiva do Sindicato dos Jornalistas de Goiás, onde atua na defesa dos direitos da categoria e na promoção de uma comunicação de qualidade.

Os governos estaduais e municipais tratam os servidores como descartáveis em sua obsessão por cortes e contenções. Essa política devastadora é sentida em cada escola que carece de professores motivados, em cada hospital que não consegue atender à demanda por falta de profissionais capacitados e em cada comunidade que vive sob a sombra da insegurança pela ausência de uma polícia bem estruturada.

A Urgência de um Compromisso Real com o Serviço Público

É hora de governadores e prefeitos deixarem de lado suas desculpas esfarrapadas e assumirem um compromisso verdadeiro com o serviço público. É inaceitável que se fale em prioridades para educação e segurança enquanto os profissionais dessas áreas são tratados com tamanho desrespeito. É preciso uma ação decisiva e responsável, não apenas no aspecto fiscal, mas também no social. Os servidores públicos merecem ser tratados com dignidade e reconhecimento pelo papel crucial que desempenham na sociedade.

O discurso de falta de recursos é uma cortina de fumaça que encobre a verdadeira questão: a falta de vontade política. Sempre há dinheiro para projetos menos prioritários e gastos desnecessários, enquanto as necessidades dos servidores são ignoradas. Governos estaduais e municipais precisam parar de usar o teto de gastos como desculpa e começar a buscar soluções que valorizem os servidores, melhorando assim a vida de toda a população.

Conclusão

A cobertura da imprensa serve como um grito de alerta para a urgente necessidade de mudança na política de gestão pública nos estados e municípios. Os servidores não podem continuar sendo penalizados pela incompetência e falta de compromisso de governadores e prefeitos, que preferem a austeridade em detrimento da qualidade dos serviços públicos. É hora de assumirem suas responsabilidades e demonstrarem que realmente valorizam seus servidores, garantindo-lhes os direitos que são fundamentais para um atendimento de qualidade à população. A negligência e o desrespeito com que tratam esses profissionais são inadmissíveis e devem ser imediatamente corrigidos para evitar um colapso ainda maior nos serviços essenciais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Goiânia, GO Atualizado às 06h27 - Fonte: ClimaTempo
14°
Tempo limpo

Mín. 15° Máx. 29°

Qua 30°C 16°C
Qui 31°C 17°C
Sex 32°C 17°C
Sáb 31°C 18°C
Dom 32°C 17°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias